Rejeição 868: Grupos Veiculo Transporte e Reboque não devem ser informados

Descrição:

A rejeição 868 ocorre ao emitir uma Nota Fiscal Eletrônica com “Operação de destino = 2 – Interestadual”, e informar as informações de “Veículo de transporte” e “Reboque” na nota.

Obs.: É necessário a emissão do MDFe, caso a operação de destino seja interestadual, com as informações de “Veículo transportado” e “Transportador” na nota.

Obs.: Para alguns UF, a regra de validação pode ser utilizada em operações internas nos estados. Isso pode ocorrer quando o código de município do emitente e do destinatário forem diferentes.

 

Veja a regra da Sefaz:


Referência:
Nota_Tecnica_2016_002_v1_60. Pág. 63. Disponível em: https://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/exibirArquivo.aspx?conteudo=tQNDQOeNeyI=. Acesso em: 18 nov. 2021.

 

Como resolver:

As informações de “Veículo de transporte” e “Reboque” não devem ser indicados na nota. Emita o MDFe e informe as informações necessárias do “Veículo transportado” e “Transportador”. Caso haja dúvidas, entre em contato com sua contabilidade.

 

Manual – Rejeição 868 – 11/2021
Dúvidas ou Sugestões: suporte@softniels.com.br

Esse artigo foi útil?

Deixe um comentário